Cinco livros de história da moda para ler já!

Postado em Postado como Moda

Há um tempinho recomendei aqui no blog cinco filmes que influenciaram e foram influenciados pela moda. Dessa vez, no entanto, é a hora de fazer uma outra listinha, indicando cinco livros de história da moda que são superinteressantes!

Contem depois para a gente o que acharam de cada um, combinado?

12721809_1164616933557686_2006799454_n
Créditos: Pixabay

O Império do Efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas – Gilles Lipovetsky

Se a Vogue é a Bíblia das revistas de moda, eu diria que O Império do Efêmero é a Bíblia dos livros sobre o assunto. Lançado em 1987 pelo filósofo Gilles Lipovetsky, ele é um livro quase que indispensável para quem quer entender, de fato, o que é esse universo.

Controverso até hoje (na época de seu lançamento ele foi alvo de diversas polêmicas), O Império do Efêmero é um livro que mostra a cronologia da moda destacando grandes momentos históricos que ajudaram a construir a sociedade ocidental da forma como a conhecemos hoje. Partindo da ideia de que a moda é tudo aquilo que é passageiro, e que, claro, transforma a sociedade a todo momento, é muito interessante ver como o design, a publicidade e muitas outras áreas do nosso dia a dia estão totalmente conectadas com esse universo.

Ele é um dos livros mais inteligentes que já li e sempre recomendo a sua leitura, afinal a escrita é de primeira e os assuntos abordados fazem a gente enxergar a moda de maneira bastante diferente.

Histórias da Moda – Didier Grumbach

Esse daqui é um daqueles livros que além de serem enormes e mega didáticos, são extremamente lindos por causa das imagens maravilhosas que possuem.

Lançado em 2009 pela Cosac Naify, ele foi escrito pelo francês Didier Grumbach, que por 16 anos foi o presidente da Federação Francesa da Costura, do Prêt-à-Porter dos Costureiros e dos Criadores de Moda. Em resumo, um cara que é uma verdadeira enciclopédia sobre o assunto, e alguém que lutou por muitos anos para a disseminação e crescimento do prêt-à-porter (a moda que não é exclusiva, e sim pensada para um grupo de consumidores que pode adquiri-la em pronta entrega).

Como o próprio nome diz, o livro conta a história da moda, dos grandes costureiros e de todas as suas transformações ao longo dos tempos. Ele é dividido em três grandes áreas: a alta-costura, que é a moda exclusiva, feita por pouquíssimas marcas e consumida por poucas pessoas no mundo, o pret-à-porter e o momento atual da moda, com a dominação de grandes grupos financeiros.

12899499_1164616950224351_1961227889_o

A Era Chanel – Edmonde Charles-Roux

Falar da história da moda e não falar de Coco Chanel é praticamente impossível. Uma das maiores designers de todos os tempos, Chanel não apenas lançou tendências, mas também padrões de comportamento, formas de se vestir, e de encarar a moda e a aparência feminina na sociedade.

Essa biografia da estilista é um livro bastante completo sobre sua vida e sobre toda a sua influência nesse universo. Um mergulho profundo na história de uma mulher que teve uma vida pessoal bastante polêmica e uma vida profissional inspiradora.

História da Moda no Brasil: das influências às autorreferências – João Braga e Luis André do Prado

Quando se trata de moda, o Brasil, definitivamente, tem muita história para contar. É isso o que prova esse livro aqui, escrito por João Braga, historiador e professor de moda, em parceria com Luis André do Prado.

Em ordem cronológica ele vai contando todas as inspirações usadas e criadas no Brasil, desde quando o país reproduzia a moda usada na França, até o surgimento das escolas e semana de moda nacionais.

São sete capítulos que abordam diferentes fases da moda do nosso país, além de um sem fim de fotos e imagens de campanhas, marcas, estilistas, desfiles e momentos marcantes da história fashion nacional.

Uma delícia de ler e ver!

12900001_1164616966891016_919315915_n
Rainha da Moda – Como Maria Antonieta se vestiu para a revolução – Caroline Weber

Ainda que Maria Antonieta seja constantemente lembrada pelos livros de História, são poucas às vezes em que se fala como a rainha influenciou a sociedade da época – que de maneira positiva ou quer de maneira negativa – com seus trajes, seus gastos absurdos, as tendências que lançava e as extravagâncias fashion que cometia.

Ainda que a paixão de Maria Antonieta pela moda possa, à primeira vista, parecer ter pouca relação com a revolução, é preciso olhar com um pouquinho mais de atenção, e nisso esse livro aqui é mestre, para perceber como esses atos da rainha revolucionaram a corte.

Esse livro aqui, além de ser sobre a história da moda, é principalmente sobre a importância e influência que o novo pode exercer na sociedade e sobre como na história da humanidade, em diversas áreas, a moda foi muitas vezes crucial para o desenrolar dos fatos.

E aí, gostaram das indicações? Quais vocês ficaram com vontade de ler?

Beijos e ótimas leituras!

Jornalista formada pela Unesp, tem 27 anos e divide seu tempo entre a redação de uma editora de revistas e seu blog. É apaixonada por moda, – desde que entendeu o quanto esse universo pode ser inspirador e inteligente – livros, cinema, uma boa xícara de café e conversas sobre a vida, o universo e tudo mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *